Tendinopatias, tendinites e tendinoses

Tendinopatias, tendinites e tendinoses

O tendão é a estrutura responsável pela transmissão de força entre o músculo e o osso. Uma lesão tendinosa é chamada de tendinopatia, sendo que a tendinite (inflamação do tendão) ou tendinose são as situações mais frequentes.

Os sintomas mais frequentes associados a este tipo de lesões são a dor, edema ("inchaço), limitação do movimento, falta de força e diminuição da capacidade proprioceptiva.

Existem alguns fatores de risco que podem estar associados ao aparecimento deste tipo de lesão, tais como os movimentos/gestos repetitivos e/ou mal executados, a sobrecarga em atividades específicas ou atividades físicas novas. Além disso, podem estar presentes fatores sistémicos e metabólicos, bem como pode existir uma predisposição biomecânica ou postural.

Exemplos mais frequentes de tendinopatias são as epicondilites no cotovelo por exemplo relacionadas com o uso de computador; ou as tendinopatias no joelho (tendão rotuliano, por exemplo) associado a desportos com saltos e acelerações/desacelerações frequentes, ou as tendinites ou tendinoses do ombro ao nível da coifa dos rotadores (por exemplo no supra-espinhoso) associadas a disfunções posturais ou trabalhos com sobrecarga de membros superiores.


Os conteúdos aqui presentes são originais, da autoria da PURAFISIO e não podem ser reproduzidos ou copiados sem autorização. Material meramente informativo. Cada condição clínica requer uma avaliação e acompanhamento individualizado.